+ Todas Notícias

Cuidados básicos para uma boa saúde bucal

A visita ao dentista não deve acontecer apenas quando ocorrem dores ou problemas bucais. Embora a recomendação dos profissionais seja de que as consultas ocorram semestralmente, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, mais da metade — precisamente 55,3% — dos brasileiros não vão a consultórios odontológicos anualmente.
 

Muitos dos problemas dentais poderiam ser evitados com idas periódicas ao dentista e alguns cuidados básicos com a saúde bucal. Entre os motivos que mais levam as pessoas a uma consulta com o odontologista, estão a cárie, a gengivite, a periodontite, a retração gengival e o mau hálito.
 

A alimentação é outro fator que influencia na saúde dental. "O consumo elevado de açúcar é preocupante, pois ele está presente em diversos alimentos 'queridos' pelo paladar do brasileiro. Por isso, é imprescindível escovar corretamente os dentes após as refeições e usar fio dental, que remove os restos de alimentos e a placa bacteriana nos locais aonde a escova não alcança”, explica a dentista Rosane Menezes Faria. 


Problemas bucais
Para evitar a ocorrência de cárie, gengivite e periodontite, o principal cuidado deve ser com a higiene bucal completa: escovar os dentes, usar fio dental e fazer uma limpeza dentária com um especialista a cada seis meses. Estes hábitos também auxiliam no combate ao mau hálito, causado principalmente pelo acúmulo de placa bacteriana e doenças periodontais. 

 

 

A retração gengival, situação em que a margem da gengiva desloca-se e deixa a raiz do dente exposta, pode causar dor e incômodo na ingestão de bebidas geladas. Para evitá-la, é importante optar por escovas de dente com cerdas macias, fazer uma escovação mais suave na região da gengiva e evitar alimentos e bebidas ácidas ou alcóolicas.
 

 

Outro problema comum para os brasileiros é a sensibilidade nos dentes, causada por fatores como a retração da gengiva e o desgaste do esmalte. Para prevenir o problema, a dica é diminuir o consumo de alimentos muito ácidos, que danificam os dentes e fazer a escovação de forma suave, com uso de cremes dentais específicos para sensibilidade.

 

 

O principal sintoma é o incômodo ao ingerir alimentos muito quentes, gelados, doces ou ácidos. A dor é resultado da exposição da dentina, tecido localizado entre o esmalte e a polpa do dente. "A dentina é composta por inúmeros poros que chegam até o nervo do dente. Quando ela está exposta a diferentes temperaturas ou certos tipos de alimentos, esses poros levam estímulos aos nervos dos dentes, causando incômodo", explica Rosane. 

 

O desalinhamento dos dentes é um problema que perpassa a estética: podem trazer dores de cabeça, nos dentes e dificultar a mastigação. Algumas pessoas já nascem com a dentição torta — geralmente, por conta da hereditariedade — enquanto outras sofrem esse processo ao longo dos anos, causado por hábitos como respirar pela boa e chupar o dedo na infância, por exemplo. Algumas das soluções para esse problema são o uso de aparelhos ortodônticos e alinhadores dentais.

 

Fonte:

Revista O Povo

Nossos Clientes
Rua T-27 Nº 1.174 St. Bueno Goiânia | Goiás - CEP: 74215-030 - TEL: (62) 3254-9100
Copyright © 2012 - Uniodonto Goiânia - Todos direitos reservados
Simber Tecnologia